quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

OqueStrada

Na onda do revivalismo de música "terra-a-terra", em parte iniciada pelos Deolinda por exemplo, surge uma nova banda de música tradicional portuguesa (e não só) que canta simplesmente à alegria.
Um conjunto de canções que podem muito bem ser a banda sonora da vida de alguém:




3 comentários:

kiko disse...

ao contrário do que é afirmado neste artigo os Oquestrada começaram muito antes de Deolinda e já o seu trabalho era conhecido tanto de um grande número de público como dos proprios que fizeram o projecto deolinda que nu fundo é uma caricatura esperta dos Oquestrada. Mas a diferença é toda uns são pioneiros e alternativos os outros são medianos e um produto muito bem vendido. Mas espanta-me como não assumem a influencia directa que tiveram com oquestrada e falam de amália e variações como se estes não fossem inspiração para todos os portugueses.
só tenho pena que as televisões e as rádios não promovam mais quem realmente é criativo e inicia movimentos que depois de muitos anos se tornam modas.

eflow disse...

Compreendo perfeitamente!!! Sei bem que os OqueStrada já andam nestas lides há bastante tempo...Não quis atribuir classes ou classificações, apenas quis mostrar a boa música...:) abraço

Tomazio disse...

Não vejo nenhuma influência dos oquestrada nos deolinda. Os deolinda são muito mais originais e modernizadores no que toca à música portuguesa. As músicas são todas originais deles e muito bem escritas. Estes oquestrada são uma espécie de fanfarra pobre de covers importada das terras do kusturika...